Que me Segue?

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Guardar ou não guardar... Eis a questão...

Não se iludam... Minha imaginação não voltou ainda... Achei esse texto perdido no meu fichário, uma das ultimas manifestações criativas da minha criatividade perdida ...





Faz tempo que eu não escrevo sobre aquelas minha 365 resoluções de ano novo... Se lembram delas?? Enfim... Aconteceu um bota fora na minha vida (ok, só no meu quarto...) e, provavelmente, a revista foi junto com a tranqueirada toda... Aliás, acho que é justamente disso que eu vou tratar hoje... DESAPEGO!

Você só tem idéia de quanta tranqueira você guarda no momento da arrumação. E eu só sei disso por que no dia do bota fora não parava de sair coisa atrás de coisa, e eu já estava ficando desesperada pois o tamanho do meu quarto não tinha capacidade de guardar tanta coisa. 

Na verdade eu não sabia nem por onde começar, tamanha a bagunça. Resolvi começar pelas roupas e, vou te contar: QUANTA ROUPA IMPRESTÁVEL! Sabe aquelas blusas de frio que você não usaria nem se estivesse -101º C?? Desapega! Sabe aquelas blusinhas que não entram desde 1995?? Desapega!! O mesmo serve para aquelas blusas que ficaram largas depois da dieta... DESAPEGA!!

Depois passei para as bijus... Aqui minha função foi mais organizadora mesmo, não pude praticar o desapego. Confesso, sou muito apegada às minhas bijus. Está errado eu sei! Tem muitos anéis, colares, pulseiras, brincos, etc etc etc etc... que eu não uso, mas deixa elas ali quietinhas ok? 

O mais difícil porem, muito mais difícil que as minhas bijus, foi quando eu abri as caixas e as gavetas... Muitas caixas e muitas gavetas... Não pelo apego, como aconteceu com as minhas bijus... Pela quantidade! Foi nesse momento que eu tive certeza dos meus super-poderes de guardar pequenas tranqueiras À VÁCUO!

E ai foi uma chuva de tranqueira e mais tranqueira... Brinquedinhos de uma certa lanchonete que não posso citar o nome (dica do dia: começa com MC, termina com Donald's) e que estão completando centenário no armário? DESAPEGA!! Creme vencido? DESAPEGA!! Resto de miçanga? DESAPEGA!!!!! Perfume que não perfuma mais faz algumas décadas? DESAPEGAAA!!! Tranqueirinhas e mais tranqueirinhas??? DEEEESAAAAAPEEEEGAAAAAA!!!!!!!!

Fora os bichos de pelúcia que no meu aniversário completaram 150 anos... DESAPEEEEGAAAA!! 

Depois passei para desapegos mais serios... Uma escrivaninha que já estava 'quase' caindo aos pedaços? DESAPEGAAA! Um armário enorme que só chamava mais tranqueira?? DEEESAAAAAPEEEGAAAAA!!! 

Por fim, ficaram apenas as 'tranqueirinhas' que realmente representavam alguma coisa na minha vida... Uma coleção de coisas de viagem, minhas caixas, livros e mais livros (esses eu só desapego mediante outro dono responsável), meus filhinhos queridos (um teclado que ganhei da vovó de 15 anos e o violino desafinado), ... Resultado? Mais espaço no meu quarto (isso é serio), menos tranqueira pra guardar à vácuo.. 

Quer fazer a mesma coisa?? Depois me conta?? 

Bjinhoss 
Anne Luise!!

2 comentários:

Anônimo disse...

vc esqueceu de dizer que, em razão desse desapego todo, sua mamy acabou tirando as placas que indicavam ''quarto da Lu'' .... ehehehehhehehe
brincadeirinhaaaaaaaaaaa....
bjo te amo!!!!

miesterludi disse...

meu quarto eh menor que o teu e tem 3 vezes mais coisas desapegaveis... imagina, vou levar anos arrumando... meu quarto tem vida propia, mas facil ele se desapegar de mim... kkkkkkkkkkkk

Meus livros favoritos!